domingo, 28 de agosto de 2016

Um Toque Haicai (Tommy Wine & Beer)





Se não consegue

chegar ao coração

então vá aos pés!



domingo, 21 de agosto de 2016

Blue Jasmine (Tommy Wine & Beer)


Assisti Blue Jasmine no cinema.

Bom, é um filme do Woody Allen!

A história de uma rica arruinada. Algo que não me comove é verdade...

Mas a rica é Kate Blanchett, que já foi Bob Dylan.

O cinema era bacana, no Bourbon Country, a pipoca era grande, e tive cuidado com meus dentes detonados pra comer. A coca-cola também era grande.

A trilha claro que era JAZZ! Que é muito bom, claro.

Então: Woody + Blanchett + jazz = Resultado estético bacana.




domingo, 14 de agosto de 2016

Poema-Diário de 13/08/16 às 23:69 (Tommy Wine & Beer)

(Manuscrevo o poema num guardanapo em pleno Kruss Burguer)
A garçonete é uma senhora simpática.

Mas ela não é atraente, se você pensou errado
E está com frio.

Peço um bife à milanesa
+ batatas + Heineken...!

Agora esqueço o verso
que era o insaite desse poema!

Tudo o mais também perde o sentido
Estou só e bêbado.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Basquete Com Meu Filho (Tommy Wine & Beer)



Mais de 20 anos depois das quadras
Meu garoto me convidou pra bater uma bola.

Ele não é um grande jogador
Eu nunca fui muito mais
que um medíocre esforçado.

Ele queria jogar escadinha ou 21
Como estava muito frio
Sugeri um mano-a-mano.

Bem, talvez tenha sido a pior partida do mundo
E não valia uma medalha olímpica.

Não valia uma vitória
(no sentido esdrúxulo do esporte).

Não valia uma cerveja
Não valia uma calcinha pink
com uma nódoa de fezes e outra de sangue.

Não valia uma porção de fritas
Sequer um milhão de dólares valia.

Mas valeu muito
Pra minha alma
Tão atormentada
Pela tarefa da sobrevivência.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Poema-Frevo Com Desiderato De Cantar & Dançar O Garoto Subterrâneo Mormente Nostálgico Quando Inexoravelmente Engendrou 37 Anos (Tommy Wine & Beer)



Como o rock and roll 
Estou mais vendido
do que propriamente rebelde!

Como um vinho ordinário
o fato de estar velho
não me faz melhor!

Como o pop
Estou mais conhecido
pelos que nada conhecem!

Como o underground
sou mais cultuado em teoria
do que vivenciado!

Como o blues
lamento amores perdidos e
péssimas condições de trabalho!

Como o drag queen
sei que sou incomodo
aos tipos muito bunda-mole!

Como o be bop
vivo de um improviso
sobre bases sólidas.

Como uma jam session
Gosto de tocar a vida
com uma galera!

Como o power flower 
trepei e beijei muito mais
do que xinguei e briguei
na minha vida!

Como o bottleneck guitar
tiro música
do gargalo!

Como o new wave
Não gosto de ter
senso do ridículo!

Como o Dub
Eu viajo horrores, parado!

Como o Folk
Tradicionamente
copio o que é foda
na cara dura!

Como o junkie
Sou viciado
em entrar pelo cano!

Como o manguebeat
sou uma amalgama
do local e do cosmo!

Como o punk 
Gosto de fazer 
EU MESMO PORRA!