segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

"CANÇÕES PAUDURESCENTES" (Tommy Wine Beer)












Recebi um e-mail de uma garota, vou preservar seu nome por razões éticas e jurídicas. Não pedi autorização para tanto. Bem, mas ela dizia estar com a xoxota molhada em razão de estar ouvindo uma canção do Roberto Carlos (acho que não era uma provocação, apesar dessa garota conhecer minha antipatia com o rei perneta, aliás, também NÃO gosto do Jorge Bem e do Tim Maia) na voz do Rodrigo Amarante (Litlle Joy). A canção de fato é muito bonita, e nem chega ser a chamada canção “mela-calcinha” que o Roberto é um dos grandes mestres em fazer! Chama-se “traumas”. Na real o responsável por um mar de vaginas umedecidas é o tinhoso do Amarante, se eu não soubesse! A propósito, eta bandinha de rapazes medonhos é a suposta falecida Los Hermanos, e o Camelo ainda romanceia com a petit Malu Magalhães!
Acontece que uma canção mela-calcinha pra um tipo como eu com um comportamento pendular com estágios de melancolia (além de minha suposta grossura e insensibilidade), sei lá pode me levar a querer cortar os pulsos com bolacha Maria, como diz o Sannio. Enfim, respondi o e-mail agora a pouco e enviei uma sugestão de uma canção da banda de POA que tenho mais simpatizado ultimamente, os Locomotores, e o nome da canção é “Máscara de ar”, baita canção! A letra é curta e direta, mas o vocalista (Fuinha, eu acho que é assim que ele atende) a interpreta visceralmente, e a guitarra do Petracco é fodilosa igualmente. E ainda têm outras muito bacanas, lembro de pelo menos mais três ou quatro: “Vermelha”, “Nessa Vida”, “Compositor”, “Linha Reta” e “A Festa”. Enfim, CANÇÕES PAUDURECENTES! Pra chutar umas bundas moles como diz o Hell (não é o caso dessa garota epistolar que de bunda mole não tem nada: nem no sentido literal, tampouco no metafórico), ao menos era o que tínhamos para o momento na falta de uma garrafa de vinho de Mesa, umas duas cervejinhas e umas amiguinhas pra jogar conversa fora no Taiko.

Um comentário:

Raphaela Flores disse...

Locomotores é mega paudurecente! ou hiper xoxotaumidecente! hahahah
mas falando sério, a banda é ótima mesmo. Vermelha é uma das minhas preferidas