quarta-feira, 30 de março de 2011

CORAGEM SANNIO C.! (Tommy Wine Beer)


"com sua sanidade deveras pode copular um cem número de pensamentos e opiniões que chocaram, desovaram e abusaram da compreensão inerte dos despercebidos." Renato Hell Albasini

INEGAVELMENTE, o fato do mês que termina é o "pé na bunda" que o colunista Sannio Carta deu em Porto Alegre. Cansou de seu burro capitalismo e suas garotas não mais inteligentes que isso. Como um Kurt Cobain exaurido, que poetava a volta à xoxota materna, Carta voltou pra Tapes-rs, sua terra natal.


Se "arreta" a Justiça ao dizer que Sannio é o cara mais importante deste bagaceiro blog que escrevemos. E o pitoresco disso, é que o carequinha não constava na minha seleta lista inicial de colunistas. Entrou por indicação da Preta! E ele não só foi um dos poucos sobreviventes da L.O.U.C.A., nestes mais de 2 anos, como também foi o cara que salvou o blog da morte, com sua produção interminável e invencível de colunas, advindas de sua brilhante cachola, uma verdadeira fértil buceta de ideias.


Várias vezes senti a L.O.U.C.A. quase brochando (pra usar uma expressão muito cara ao nosso amigo), daí o cara vinha e levantanva o blog como se fosse uma dose de Catuaba com amendoim, cocktail capaz de ressuscitar a mais decrépita piroca inimaginável (a do Niemeyer talvez).



Eu mesmo, que andei meio fodido das costas e de grana, acabei tendo que escantear minha atividade de colunista. Agora o meu cargo de editor, sempre procurei exercer com DILIGÊNCIA e perícia. Sim, o iluminado vagabundo envia os textos pra porra da minha conta de e-mail, e publico aqui. Dou uma revisada de leve no "portuga", o que, na real, nem caberia ao artista. Penso que um bom michê não deve se preocupar com manchas de porra no lençol!



E se essa coluna tem o intuito de CELEBRAR o nosso (anti-)herói. Termino, então, realçando um traço marcante de sua personalidade: sua coragem. (A verdade é que meus problemas não são só falta de ideias ou tempo. Tenho alguns textos escritos que ainda não ousei de postar, pq. sou um mega CAGÃO!) Agora com o Sannio é diferente, ele manda ver, tudo que lhe ocorre, qualquer faísca de insight doido que lhe assalte o espírito, vira palavra. Sannio é como o cara que vai ao toalete, dá uma bela cagada e só depois verifica se há papel pra limpar o rabo. Coragem Sannio!

3 comentários:

Anônimo disse...

TÁ!mal o cara vai dessa pra melhor ja vai virando santo...

paul.eric disse...

Vou ler agora...
Tava lendo o Agentes,agora mesmo! :o
Acaso???Sinistro bitcho!

Walter Ego

Anônimo disse...

mas que fotoo!