quarta-feira, 9 de junho de 2010

" A depressão do dedo anão " (Sannio)


Arrumei as malas. Juntei tudo que restou das roupas que cabiam melhor na pequena maleta encardida.


Olhei para a imagem no quadro.

" - Só por hoje!"


Molhei o pedaço de pão adormecido no café passado na noite anterior. Cocei a barba não feita e o saco nunca antes depilado.


Liguei para uma moça. Brigamos.


Liguei para outra. Menti. E continuamos de bem. Pelo menos até o próximo final de semana...



Olhei o quarto deserto. Depois olhei a sala deserta. Pensei em ligar para minha mãe. Mas eu gostava de chegar de surpresa. E era tarde demais para deixar de ser teimoso. Era tarde pra tanta coisa!


Praguejei assistindo um programa de tevê tosco. Peguei uma toalha semi seca no
varal. Me despi como me despedindo das velhas fantasias. Dos uniformes de sensatez e dos trajes da insanidade. Liguei o chuveiro. Bem quente!
Como um idiota feliz."- Bem quente!"


Ouvi o som dos pássaros próximos da janela. Ouvi os carros passando ao
longe. Na cúpula daquela mente entregue a si mesma. Tive silêncio. E copiosamente chorei!


__________________________________________

5 comentários:

Agentes da L.O.U.C.A disse...

Ti falei que achei o texto bem legal! agora tchê os paragráfos eu tive que imaginar tua construção. te falei que chega tudo louco pelo depoimento do orkut. mas acho que dá pra entender. qqr. coisa me dá um toque (não retal) que eu arrumo.
ass. Tommy.

Renato "Hell" Albasini disse...

a ideia estética desconstruindo é interessante acaba tb sendo um chamariz no texto...Deixa assim!

Agentes da L.O.U.C.A disse...

gostei MESMO da frase:

"Cocei a barba não feita e o saco nunca antes depilado."

Eu teria lançado mão da sofisticação do nunca DANTES depilado.

Hehehehe.

Tommy Wine Beer

Raphaela Flores disse...

Estou com o Tommy:

gostei MESMO da frase:

"Cocei a barba não feita e o saco nunca antes depilado."

Eu teria lançado mão da sofisticação do nunca DANTES depilado.

Hehehehe.

Tommy Wine Beer

hahahaha
MUITO BOM - adoro ler sobre detalhes do cotidiano

paul.eric disse...

rsrsrsrs...