terça-feira, 4 de janeiro de 2011

"O PÃO DO MORTO" (por SANNIO CARTA)

"No crepúsculo que se anunciava, pude olhar através de toda nuvem que ousasse nublar o quê eu sentira!" – Houve um grande silêncio depois que essas palavras foram lidas.

Podia sentir o suor escorregar lentamente pelo meu rego. E a bunda molhar-se, como quem acabara de gozar.

- Porra Cardoso! - gritou o homem que parecia rugir como um leão. Se bem que parecia mais um urso. Com todos aqueles pêlos e aquele cheiro estranho.

- Porra Cardoso!.... - prosseguia o homem. - Eu pedi pra você um final que desse crédito emocional a história. E aí você me vem com essa baboseira de crepúsculo! - sentando-se de uma vez só. Na cadeira acolchoada. E prosseguiu: - Crepúsculo é o caralho! Tá ouvindo? -enquanto isso eu me distanciava cada vez mais da sala do editor.

- Crepúsculo é a puta que o pariu!...- ficou resmungando o homem.

" Biiiizzzzzziiiihhhh! "!!!

- Fala porra! - esbravejou o editor ao telefone.

"- Sua mãe ligou. Disse que está no restaurante, ali da esquina. Esperando pelo Sr. - respondeu a secretária. Sem ligar pela falta de tato de seu chefe.

-Tá! Tá bom!... - disse o homem enquanto enfiava as mãos paletó adentro. Parecendo querer achar algo de valor.

- Obrigado Aninha!- e apressou-se para desligar o telefone.

Enquanto isso sua mão esquerda, gorda e suada, escapava das entranhas de seu paletó.
De lá saíram: chumaços de pêlos, dedos, anéis,...

E saiu também um papelzinho amassado. Um papel comum. De folha de caderno. De caderno pequeno. Daqueles... bem pequenos.

E em seu interior podia se ler:

“Nuvem”.

Epílogo

“- Porra Cardoso”!!!

3 comentários:

Agentes da L.O.U.C.A disse...

Arrá muito bacana! Porra, ainda tenho bastante material supimpa teu pra postar velho, porra segue nessa linha, esquece aquela baboseira sentimental um pouco, ainda tenho um DE ESTRÉIA SOLO DO UÉSLEI SCREETH na minha gaveta. E gostou do sobrenome que criei pra ti?
abraço!
Tommy Wine Beer - escritor de merda & editor mediado.

paul.eric disse...

"A carta"- Mais "A carta" é sentimentalismo puro.Tá tentando me deixar confuso? xp
- Porra Viegas!! xD
ps:quero ler a "SCRETCH NOVEL"!

Anônimo disse...

?