domingo, 10 de outubro de 2010

MISTER HYDE (SANNIO)



Arte Gráfica de Tommy Wine Beer

Tomado pela revolta dos sutiãs incendiados. Tomado de desejo, ira, soberba e de três rabos de galo e duas cervejas... Ele surgiu! Seus olhos eram vermelhos, como o primeiro dia de menstruação de uma libélula gótica. E de sua boca saiam abominações odiosas, que destoavam completamente de seus cigarros mentolados. Veio sem prevenções e tomou tudo o que eu tinha. Ainda hoje posso ouvi-lo. Urrando por sua libertação. Para que sua indomável sede de corpos e álcool venha assumir de novo o meu caráter (ou o pouco que resta dele).

Maldito é o que sois! Nefasto são os teus caminhos e maquiavélicas as tuas ambições. Sim... Sou um pobre homem! Atormentado pelo fantasma que assombra o meu reflexo. Longe dele detenho posses que não possuem ao materialismo. Mas em sua companhia. Meu único pertence é a esperança de ainda ter me restado algo, no dia que sucede sua desgostosa visita.

Rogo para que não venham a topar com tal sinistra figura. Pois podem perder bem mais do que o tempo que lhes restam.

3 comentários:

Agentes da L.O.U.C.A disse...

Porra ficou do caralho essa coluna!Que insight porreta mano! E a arte gráfica, modéstia a parte, ficou supimpa idem! HEHEHE!
Porra alguém comente aí meus talentos como artista gráfico caralho!! (Há tempos eu vinha achando muito bundona a coisa de só pegar uma imagem na internet e postar.)
ass:Tommy Wine Beer.

Renato "Hell" Albasini disse...

Isso ae...Detonou tudo e todos...hehhee, bem legal a arte...

Raphaela Flores disse...

MUITO bom. muito BOM. MUITO BOM!!!